5 formas de utilizar o cobogó em seu ambiente

para blog copy

Criados por Amadeu Oliveira Coimbra, Ernest August Boeckmann e Antônio de Góis, na década de 20, em Pernambuco, os cobogós derivam da herança árabe dos muxarabis e se popularizaram a partir dos anos 50, com o movimento modernista.

São peças que evidenciam a brasilidade e são utilizadas em diversas regiões do país, tendo como funções principais fechar ambientes mantendo a ventilação e a entrada de luminosidade; criar divisórias; e embelezar a decoração da casa ou do apartamento, permitindo extrema versatilidade e dando um toque especial na finalização do projeto.

Inspirada por esta tendência, a Senhor das Pedras desenvolveu duas linhas cimentícias de cobogós: as linhas Brizza e Modulatto. Confira cinco formas de utilizá-las:

Espaço interno: o item é ideal para preencher as paredes com muito mais estilo. Cobogo_02

Apenas como detalhe: pretende dividir um ambiente? Os cobogós cumprem esta função adicionando muito charme e funcionalidade.

Área externa e de lazer: na área externa, o cobogó oferece muros vazados que ajudam a valorizar o jardim e a varanda da casa, ou que podem ser construídos ao redor da piscina ou da área de lazer.

Na cozinha: neste caso, os cobogós podem melhorar a iluminação e ventilação, essenciais para esse cômodo da casa.

 

Living: uma opção decorativa para conferir acabamento no living social, tornando-o mais íntimo e agradável.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>