Revestimento cimentício: fabricação artesanal e adaptação a diferentes projetos

FOTO 1

Linha Fiore Senhor das Pedras aplicada em projeto do MA² Arquitetura e Design 

Os revestimentos cimentícios são fabricados de forma artesanal, o que torna cada peça única. Versátil, ele pode ser usado nas áreas internas ou externas, com linhas específicas para serem aplicadas no piso e na parede. Este tipo de revestimento, por ter como matéria base o cimento, se torna mais durável e resistente, além de possuir uma manutenção bastante simples.

FOTO 3

Linha Puzzle Senhor das Pedras

O tridimensional pode ser usado nas peças de revestimentos cimentícios, proporcionando efeito diferenciado e que compõe o projeto de forma única. Seus volumes transmitem sofisticação e podem ser usados em diferentes tipos de ambiente! As peças são montadas uma a uma, diretamente da parede, e possuem fácil instalação. E elas podem receber pintura!

FOTO 2

Linha Faces Senhor das Pedras em projeto da arquiteta Marília Zimmermann 

Além de ser um produto sustentável, o cimentício também é funcional: possui diferentes texturas, e pode ser produzido com característica atérmica, drenante, antiderrapante… Conheça todos os produtos aqui.

A Senhor das Pedras apresenta aos lojistas e arquitetos uma possibilidade única de desenvolvimento de produtos personalizados, criando peças únicas e especiais conforme a necessidade e o desejo de cada profissional! Tem interesse nesse tipo de solução? Entre em contato.

 

Os benefícios da linha Madeira que você precisa conhecer

A madeira traz beleza e rusticidade aos mais diferentes projetos. A linha da Senhor das Pedras é feita em material cimentício e possui inúmeros benefícios em relação à madeira comum. Um deles é que o material cimentício não apodrece ou atrai pragas, podendo ser instalado também em áreas próximas a piscinas, por exemplo. É uma linha disponível em diferentes cores e possui facilidade de alteração, adaptando-se aos mais diferentes projetos. blog1 copy

Linha Madeira aplicada em piscina

A linha Madeira é ecologicamente correta e reproduz fielmente a estética das tábuas antigas e da textura da madeira, imprimindo sofisticação e rusticidade aos espaços. Por ser cimentícia, ela possui maior durabilidade e necessita de menor manutenção, podendo ser instalada em áreas externas e internas: tanto no piso quanto na parede. Outro benefício para as áreas de lazer é que este revestimento não aquece tanto quanto as madeiras comuns.

blog1

Linha Madeira aplicada em parede com lareira

Além destes benefícios, a linha Madeira possui uma textura fiel à madeira natural e traz um toque de rusticidade aos projetos por meio de suas peças. Elas estão disponíveis em diferentes tonalidades e podem compor a decoração de diferentes ambientes com classe e aconchego.

Ficou na dúvida sobre a linha Madeira? Abaixo um check list resumido com 6 ótimos benefícios  para ajudar na sua escolha:

- Não apodrece

- Não atrai pragas

- Diferentes cores e facilidade de alteração

-  Ecologicamente correta

- Maior durabilidade

- Menor manutenção

 

Para mais informações, entre em contato aqui.

Pisos que imitam madeira

Madeiras expostas ao tempo podem durar por anos, porém por se tratar de um material de origem natural é comum que quando expostas ao clima (sol, chuva, frio, calor, ar seco ou úmido) sofra alterações em sua aparência como o desgaste, escurecimento de cor e apodrecimento. Além do risco de pragas como os cupins. Para evitar esses problemas é necessário seguir uma lista de coisas, como o selamento da madeira, pintura com verniz e em alguns casos se faz necessário até o uso de uma tinta com protetor solar. Mas não basta fazer esse processo uma vez, é necessário repeti-lo periodicamente. Afinal, após tanto trabalho a beleza da madeira realmente compensa?

Um exemplo da madeira com problemas com o decorrer do tempo. A da imagem foi aplicada para formar um caminho na área externa, junto da grama:

Untitled-1

 

Pensando em unir essa beleza com a praticidade e durabilidade do revestimento cimentício, a Senhor das Pedras criou a Linha Madeira, que se assemelha visualmente em tudo com o produto natural – seus veios são cópias exatas, sendo praticamente impossível saber se é real ou não. E o benefício principal é não ter a mesma manutenção do produto natural, porque é revestimento.

Untitled

 

Isso torna a linha ideal para trabalhar em áreas externas como em pisos, calçadas, caminhos no gramado, ou até mesmo paredes, com total conforto de saber que a sua obra vai durar por muito mais tempo sem trazer nenhum trabalho após o material ser aplicado. Um exemplo de caminho com a linha madeira:

02

 

Paredes:

Untitled-1

 

Rusticidade e praticidade juntas

Trazer elementos do campo para dentro de casa é uma boa alternativa para quem busca dar um ar rústico e aconchegante ao ambiente, porém trabalhar com madeira nunca é fácil. Com o tempo, as peças naturais começam a apresentar alguns problemas como a aparição de cupins, além de ser difícil para limpar.  A Linha Madeira, da Senhor das Pedras é a melhor alternativa para quem gosta da rusticidade sem deixar de lado a sofisticação.

Madeira10

 

A Linha Madeira é um revestimento cimentício, produzida de forma artesanal com a utilização de materiais a base de cimento, e itens com diferentes intensidades de cor, o que resulta em um produto muito similar a madeira natural, porém é revestimento que se adapta de forma sutil ao ambiente.

cores

Além disso, os pisos possuem texturas fiéis da natureza e podem ser utilizadas tanto em ambientes internos, como lareiras e paredes ou externas como decks de piscina.

Condomínio04

Cascatas na piscina

Quando começamos a pensar no projeto da piscina, uma dica importante é idealizar todos os detalhes no início da construção. Desde a escolha pelo tipo de piscina: se de fibra ou de azulejo, até os itens que irão compor o lazer. Neste projeto de Santa Catarina, desenvolvido pela Cemacon, de Santa Rosa, a escolha foi pela colocação de duas cascatas na construção da piscina. Para garantir comodidade aos moradores, foram criados bancos com revestimento atérmico – que não absorve calor e por isso não esquenta tanto quanto os demais materiais. As cascatas foram criadas através de um sistema que utiliza água da própria piscina e foram revestidas com as mesmas pastilhas da parte interna. Além de agradável e benéfico para o lazer, as cascatas formam perfeita composição no espaço da piscina.

As bordas e pisos atérmicos indicadas para este tipo de projeto são da Senhor das Pedras.

cascata

Prainha: ouse no projeto da piscina

Entre os itens que mais estão fazendo sucesso nos projetos de piscinas, estão as prainhas – uma parte mais rasa da piscina, feita com degraus ou não. Elas servem tanto para as crianças brincarem com mais segurança, quanto para deitar e relaxar para ficar exposto ao sol. Além dos benefícios no uso, há outro fator: o estético. Muitos profissionais que optam por piscinas de concreto e não de fibra, apostam em prainhas, pois elas enriquecem o projeto.

Nestes casos, é preciso ter cuidado na escolha do material que vai revestir a borda da piscina, já que este espaço será utilizado para escorar o corpo e não pode esquentar. Nos projetos de Santa Rosa, realizados pela Cemacon Piscinas e revestidos pelas bordas e pisos da linha atérmica da Senhor das Pedras, a prainha foi construída com degraus.

Além da comodidade do espaço mais raso na piscina, que geralmente é construído com cerca de 20 a 30 cm de profundidade, é possível ambientá-lo com cadeiras especiais para o banho de sol. Garante um efeito visual diferente para o espaço de lazer.

Nas imagens, é possível conferir os projetos realizados pela Cemacon Piscinas e Senhor das Pedras.

atérmica04 atérmica09 atérmica10

 

 

Borda atérmica: motivos para aderir

O Caderno Decoração do Jornal NH, de Novo Hamburgo/RS trouxe na última semana uma matéria que apresenta os benefícios da borda atérmica. O projeto selecionado para abordar o assunto foi o de um condomínio residencial em Blumenau – Santa Catarina, em que foram utilizados os materiais da marca Senhor das Pedras.

Entre os benefícios, a jornalista Daiana Souza cita as substâncias presentes na borda que fazem com que ela não absorva tanto calor, além de suas propriedades antiderrapantes. Confira a matéria completa clicando aqui.

O tema também foi para o caderno impresso:

Untitled-3

O lazer à beira da piscina

Na hora de projetar a área da piscina, é preciso pensar muito além da sua localização, revestimento ou tipo de borda. A decoração e os objetos escolhidos para fazerem parte do ambiente externo contam muito não somente no visual, como no lazer. Entre os itens mais necessários no espaço, estão as espreguiçadeiras – cadeiras para deitar e tomar sol. Há também quem use os conjuntos de sofás de rattan, já que o material não sofre danos com o contato com a água ou sol. O ideal é apostar em objetos que promovam bem-estar, por isso o uso de almofadas é bem-vindo. É um espaço para relaxar.

Selecionamos imagens que servem de inspiração para ambientar o espaço de lazer e curtir o verão do melhor jeito possível:

2103674-2720-rec 2103705-9195-rec 2103726-9497-rec Como-renovar-a-área-da-piscina-2 DSC_0683 file_175_4 piscina-3

 

Como escolher o piso da piscina

O verão está se aproximando e é hora de organizar a área de lazer. Ainda não revestiu a piscina? Então fique atento as dicas que vamos trazer neste post.

Pesquisamos a opinião de diferentes arquitetos na construção deste post e o resultado foi unânime: o revestimento ideal é o atérmico. Por ser produzido com materiais cimentícios, ele tem textura antiderrapante e possui substâncias que não permitem que o calor do sol absorva e o torne quente. Como a produção é manual, é possível solicitar este tipo de material no tamanho e estilo que você desejar, assim como as bordas que compõem o projeto da piscina. E para complementar, o manutenção é baixa. Mesmo o piso tendo pequenos buracos em sua textura, jatos de água semanalmente retiram a poeira acumulada. Quando a limpeza precisa ser mais profunda, detergente neutro e esponja são indicados. É possível encontrar o piso atérmico cimentício em diversas cores e tamanhos.

SONY DSC

 

20130312_102558

 

piscina noite

Madeira e piso atérmico na piscina: a união

A primeira coisa que devemos pensar ao idealizar a nossa área de lazer com piscina é: que estilo eu quero? Há diversos projetos que contemplam desde os estilos mais sofisticados, despojados e alternativos. Para quem deseja imprimir um pouco de rusticidade, a dica é apostar nos decks de madeira. O problema nesta escolha é que a madeira é linda, mas esquenta com o sol e não se torna últil para um ambiente em que na maioria das vezes estamos descalços. Pensando nisso, algumas marcas como a Senhor das Pedras criaram linhas de revestimento cimentício inspiradas na madeira. Elas têm a aparência natural da madeira, mas são revestimento feito a base de cimento. Interessante? Muito! E há a opção de unir a linha madeira com bordas atérmicas (aquelas especiais que não esquentam e têm textura de materiais antiderrapantes). O resultado é visualmente bonito e garante bem-estar.

des03 atérmica e madeira