Contrapiso: um processo que merece cuidado

Quando começamos a construir nossa casa queremos agilidade para terminar tudo o mais rápido possível, o que demanda serviços múltiplos no canteiro de obras. Com o projeto em mãos, pensamos em quase tudo: as cores das paredes, móveis, decoração e até o estilo da maçaneta da porta do banheiro são pensados. Com tanta coisa acontecendo ao mesmo tempo, devemos tirar um tempo e acompanhar as questões estruturais da casa: da fundação das vigas até o contrapiso, que tem grande importância na sua construção. Mas afinal, você sabe para que serve o contrapiso?

Em resumo, o contrapiso é responsável por diversas funções dentro do sistema construtivo, abaixo listamos as mais importantes:

Servir de suporte para o revestimento de piso e seus componentes;

Corrigir pequenos desníveis no solo;

Servir como amortecedor par as cargas atuantes durante a utilização;

Embutir tubulações elétricas e hidráulicas,

Incorporar sistemas de impermeabilização,

Complementar sistema de isolamento acústico ou térmico,

Proporcionar os caimentos necessários para os diversos tipos de uso dos ambientes.

Cada um destes itens é de grande importância para casa, afinal ninguém querer ter um desnível na sala ou no quarto. Além disso, se executado com perfeição, ele garante maior segurança na hora de colocar qualquer revestimento cimentício, diminuindo o número de quebra do piso, agilidade na colocação e evita problemas no futuro, como a criação de bolhas de ar.

59c3f87f9bf8fafd3efb1cb9f7b7e75a

Foto: Pinterest

Do mar para sua casa

Quando pensamos em viajar, um dos primeiros destinos que passa pela mente é um local com belas praias. Não importa onde moramos, o mar é quase sempre nosso destino final. Muito além de admiração, as ondas servem para nos acalmar e trazer boas recordações. Inspirado nesses sentimentos, a Senhor das Pedras desenvolveu uma linha especial, denominada Mare, que é ideal para quem não mora em cidades litorâneas e quer trazer para a casa um dos mais belos movimentos da natureza: as ondas do mar. Seu formato contínuo e orgânico cumpre com perfeição seu papel de encantar na primeira vista.

Além da beleza visual, o material é feito a base de cimento, o que garante durabilidade e fácil manutenção, diferente de revestimentos comuns ou até papel de parede. Uma dica é ousar no projeto luminotécnico junto ao material. Garante um efeito incrível:

20131209_160524 Mare 101.jpg

Rusticidade e praticidade juntas

Trazer elementos do campo para dentro de casa é uma boa alternativa para quem busca dar um ar rústico e aconchegante ao ambiente, porém trabalhar com madeira nunca é fácil. Com o tempo, as peças naturais começam a apresentar alguns problemas como a aparição de cupins, além de ser difícil para limpar.  A Linha Madeira, da Senhor das Pedras é a melhor alternativa para quem gosta da rusticidade sem deixar de lado a sofisticação.

Madeira10

 

A Linha Madeira é um revestimento cimentício, produzida de forma artesanal com a utilização de materiais a base de cimento, e itens com diferentes intensidades de cor, o que resulta em um produto muito similar a madeira natural, porém é revestimento que se adapta de forma sutil ao ambiente.

cores

Além disso, os pisos possuem texturas fiéis da natureza e podem ser utilizadas tanto em ambientes internos, como lareiras e paredes ou externas como decks de piscina.

Condomínio04

Como revestir a lareira

O verão já se aproxima do fim e também e hora de pensar em como tornar a casa mais quente para receber o inverno. Além das opções tecnológicas – ar condicionado, por exemplo – uma das mais utilizadas e que ainda agrega valor visual ao ambiente é a lareira. Atualmente, há diversos tipos de lareiras no mercado e a escolha pode ser pelo preço ou estilo. Comentamos sobre lareiras aqui.

Além de escolher o tipo de lareira que mais combina com o estilo da casa, é importante pensar de que forma o entorno da mesma será revestido – no caso de lareiras de concreto ou alvenaria. Uma das opções para quem busca material com alta durabilidade e fácil manutenção é o revestimento cimentício. Como o nome já diz, ele é produzido com base no cimento, o que o torna altamente durável. Marcas como a Senhor das Pedras criaram linhas como a madeira, com peças cimentícias que tem o mesmo visual da madeira natural. O efeito é de um espaço rústico, porém sofisticado e entre os pontos positivos está o de não precisar se preocupar com os riscos do revestimento próximo ao fogo da lareira. Ainda há a possibilidade de escolher entre várias cores para combinar com o projeto.

fotos casa&cia praia 041

Borda atérmica: motivos para aderir

O Caderno Decoração do Jornal NH, de Novo Hamburgo/RS trouxe na última semana uma matéria que apresenta os benefícios da borda atérmica. O projeto selecionado para abordar o assunto foi o de um condomínio residencial em Blumenau – Santa Catarina, em que foram utilizados os materiais da marca Senhor das Pedras.

Entre os benefícios, a jornalista Daiana Souza cita as substâncias presentes na borda que fazem com que ela não absorva tanto calor, além de suas propriedades antiderrapantes. Confira a matéria completa clicando aqui.

O tema também foi para o caderno impresso:

Untitled-3

Revestimento cimentício na parede

Mudar a casa nem sempre é uma tarefa fácil. Além de pesquisar inspirações e escolher o que será reformado, é preciso encontrar os produtos certos. Cansado da cor ou do revestimento da parede? É preciso ir em busca de opções. Uma delas é o revestimento cimentício. Muito conhecido por revestir no entorno de piscinas, o cimentício é um material com alta durabilidade, o que garante o conforto de não se preocupar em trocar o acabamento em pouco tempo. Também é fácil de manter e o que é melhor: como é feito sob medida, se encaixa perfeitamente em qualquer projeto. A marca Senhor das Pedras lançou neste no a linha mare – o revestimento imita ondas do mar e é produzido na cor branca, o que imprime leveza e movimento para o espaço. É um revestimento exclusivo para paredes, ou seja, foi idealizado para dar um toque diferente ao ambiente.

Nesta casa, em Novo Hamburgo, o objetivo era revestir uma coluna da sala de estar. O contraste com o lustre garantiu um visual diferente, clássico e requintado.

20131209_160543 20131209_160524

Como escolher o piso da piscina

O verão está se aproximando e é hora de organizar a área de lazer. Ainda não revestiu a piscina? Então fique atento as dicas que vamos trazer neste post.

Pesquisamos a opinião de diferentes arquitetos na construção deste post e o resultado foi unânime: o revestimento ideal é o atérmico. Por ser produzido com materiais cimentícios, ele tem textura antiderrapante e possui substâncias que não permitem que o calor do sol absorva e o torne quente. Como a produção é manual, é possível solicitar este tipo de material no tamanho e estilo que você desejar, assim como as bordas que compõem o projeto da piscina. E para complementar, o manutenção é baixa. Mesmo o piso tendo pequenos buracos em sua textura, jatos de água semanalmente retiram a poeira acumulada. Quando a limpeza precisa ser mais profunda, detergente neutro e esponja são indicados. É possível encontrar o piso atérmico cimentício em diversas cores e tamanhos.

SONY DSC

 

20130312_102558

 

piscina noite

Madeira e piso atérmico na piscina: a união

A primeira coisa que devemos pensar ao idealizar a nossa área de lazer com piscina é: que estilo eu quero? Há diversos projetos que contemplam desde os estilos mais sofisticados, despojados e alternativos. Para quem deseja imprimir um pouco de rusticidade, a dica é apostar nos decks de madeira. O problema nesta escolha é que a madeira é linda, mas esquenta com o sol e não se torna últil para um ambiente em que na maioria das vezes estamos descalços. Pensando nisso, algumas marcas como a Senhor das Pedras criaram linhas de revestimento cimentício inspiradas na madeira. Elas têm a aparência natural da madeira, mas são revestimento feito a base de cimento. Interessante? Muito! E há a opção de unir a linha madeira com bordas atérmicas (aquelas especiais que não esquentam e têm textura de materiais antiderrapantes). O resultado é visualmente bonito e garante bem-estar.

des03 atérmica e madeira

Bar molhado: inspire-se e faça na sua casa

Com a correria do dia a dia, o que quase todo mundo busca é sossego e uma área de lazer perfeita em casa. Além da piscina, desenvolvida de acordo com as necessidades da família, há uma tendência no mercado de hotéis que pode ser aplicada em casa: o bar molhado.

Já pensou em não precisar sair da piscina para tomar água ou um drink de verão? E nem precisa estar em um hotel cinco estrelas para isso. Separamos algumas imagens de piscinas comuns que receberam a ideia do bar molhado e o resultado foi perfeito. Muitos profissionais classificam esta, como uma obra simples e que aproxima as pessoas, já que é possível fazer mesas para pelo menos quatro pessoas. Entre as obras mais desenvolvidas estão bancos simples e redondos, com mesas e guarda-sol. É importante ficar atento para o material destes itens: devem ser pisos que não absorvam o calor do sol, como linhas atérmicas de revestimentos cimentícios. Tanto para os bancos, quando para as mesas.

9 (1) 23 c46ff10d8d29c96c8ea550eedf6e61e2

dsc01401

Aproveite para mudar a piscina de casa antes de o verão chegar!

Por que usar revestimento cimentício na piscina?

A resposta é simples: porque as características deste tipo de material permitam o bem-estar, acima de qualquer coisa. O material cimentício tem substâncias atérmicas, o que garante que não esquente tanto quanto qualquer outro material exposto ao sol. Além disso, o produto ainda tem textura antiderrapante, o que promove ainda mais sensação de segurança. A sua manutenção é praticamente inexistente e a durabilidade é alta. O custo benefício é excelente, no entanto, muitos profissionais evitam de utilizar devido a não ter uma aparência estética tão bonita quanto um deck de madeira, por exemplo. Por isso, há uma solução da unir o útil ao agradável: a borda atérmica.

Já que os materiais são produzidos de forma manual, é possível criar peças em formatos diferentes, arredondados, menores e maiores para se adequar somente à borda da piscina. E no restante, o profissional pode usar madeira, porcelanato ou o que achar mais conveniente ao projeto da área de lazer. Além disso, as bordas são encontradas em diversas cores, para combinar com todo tipo de proposta.

foto 2 Atérmica e Madeira Balneário 01 Balneário 02